Subscribe:

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Novas traduções da Bíblia impactam 15 milhões de pessoas

Estimativa integra o Relatório Mundial de Tradução de Escrituras, a partir de 18 novas traduções apresentadas em 2013. Ao todo, 2.551 línguas já contam com ao menos um trecho da Bíblia traduzido
Novas traduções da Bíblia impactam 15 milhões de pessoas
Os esforços empreendidos pelas Sociedades Bíblicas Unidas (SBU) de tornar a Bíblia acessível a um número cada vez maior de pessoas podem ser medidos pelos resultados do Relatório Mundial de Tradução de Escrituras de 2013, que acaba de ser concluído.
A entidade, em parceria com outras organizações, contribuiu para a finalização da tradução do texto bíblico em 18 línguas, com potencial para impactar mais de 15 milhões de pessoas. Para dez línguas, foi a primeira tradução: sete passaram a contar com a Bíblia completa, outra com um Novo Testamento e as demais com partes do texto bíblico. As outras oito línguas receberam novas traduções ou revisões para ajudar a comunicar a Palavra de Deus de um modo que seja mais facilmente compreendida.
Esses dados, que confirmam as Escrituras Sagradas como o livro mais lido, traduzido e distribuído de todos os tempos, também justificam as celebrações que acontecerão no segundo domingo de dezembro – que este ano será no dia 14 –, quando se comemora o Dia da Bíblia. Igrejas de todo o Brasil são convidadas a promover manifestações que exaltem a Palavra de Deus, tendo como tema A Bíblia e a Família: Crianças e Idosos. Material de apoio e sugestões de como comemorar a data estão disponíveis no hot site www.diadabiblia.org.br.
O Relatório Mundial de Tradução de Escrituras, publicado pelas SBU, contempla o trabalho realizado pelas Sociedades Bíblicas de todos os países, bem como outras organizações dedicadas à tradução bíblica, em parceria com instituições missionárias e tradutores para produzir, a cada ano, Escrituras em idiomas de todos os continentes. Dessa forma, cumprem a missão de ampliar cada vez mais o acesso ao texto bíblico.
Entre as 18 línguas contempladas com novas traduções em 2013, estão a Toba, falada na Argentina por 25.000 pessoas, a Krio, com aproximadamente 495.000 falantes, em Serra Leoa, e a Mandinga, com 1.346.000, na Gâmbia. Todas elas receberam a Bíblia completa. Outros destaques ficam por conta da língua Mongol, falada por 6.500.000 chineses, que recebeu um Novo Testamento, e a Altai, falada na Rússia, por 75.000 pessoas, com o livro de Gênesis.
O relatório é feito a partir de informações coletadas pelo Museu da Bíblia da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). Até 31 de dezembro de 2013, foram registradas publicações do texto bíblico em 2.551 línguas diferentes: 1.257 Novos Testamentos, 803 contendo partes da Bíblia e 491 Bíblias completas.
De acordo com o secretário de Comunicação e Ação Social da SBB e responsável pela elaboração do documento, Erní Seibert, o número de Bíblias completas está crescendo e a tecnologia digital está ajudando a acelerar tanto a velocidade da tradução como o acesso às Escrituras. “Há, agora, mais de 500 línguas com a Bíblia completa e perto de 1.300 com o Novo Testamento. Mas as Escrituras ainda não estão traduzidas para mais de 4 mil línguas, o que significa que há muito trabalho a ser feito”, ele destaca.
O Relatório de Traduções de Escrituras detalha o acervo da Biblioteca da Bíblia, mantida em São Paulo pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). Traduções que foram completadas, mas não enviadas para a biblioteca não aparecem nas informações do documento. A biblioteca contém traduções enviadas por Sociedades Bíblicas e outras agências bíblicas.
“Estamos felizes que a Biblioteca da Bíblia tenha recebido em 2013 novas traduções das Escrituras para dez línguas. Oramos para que estas publicações da Palavra de Deus tenham um impacto duradouro na vida das pessoas. Nossa missão é preservar um acervo o mais completo possível deste livro de grande importância para a humanidade porque ele tem o poder de transformar a vida das pessoas que com ele tomam contato”, afirma Seibert.

Pastores podem ser presos por se recusarem a realizar casamento gay

“Está aberta a temporada de caça aos cristãos”, alerta advogado
Pastores podem ser presos por se recusarem a realizar casamento gay

Quando os homossexuais começaram a receber permissão do governo para se casarem, afirmavam que era o suficiente. Muitos dos líderes desse movimento nos EUA diziam que a cerimônia religiosa não era importante. Pouco a pouco algumas denominações foram cedendo e começaram a realizar casamentos gays.
Agora, a batalha judicial alcançou outro nível nos Estados Unidos. Nas últimas semanas, começou a ser escrito um novo e triste capítulo. Em Houston, Texas, cinco pastores foram intimados pela prefeitura a entregarem seus sermões para uma avaliação, após denúncias de que os pastores estavam pregando “homofobia”.
A prefeita da cidade é homossexual e disse que eles precisam seguir a leis que proíbem a discriminação.
Na pequena Coeur d’Alene, Estado de Idaho, Donald e Evelyn Knapp, um casal de pastores estão sendo processados por se recusar a realizar cerimônias de casamento entre pessoas do mesmo sexo. Se condenados, eles podem pegar seis meses de prisão e pagar multas de até US$ 1.000.
A justificativa das autoridades locais é a violação das leis de “não discriminação”. O caso chegou a um Tribunal Federal e pode ser um marco na batalha entre ativistas pró-LGBT e organizações cristãs que defendem a família tradicional.
Uma delas é a Aliança pela Defesa da Liberdade, cujos advogados estão defendendo os pastores nos dois Estados. O advogado Jeremy Tedesco, que atua no caso do Idaho afirmou que “o governo não deve forçar ministros a agir contra a sua fé, fazendo ameaças de prisão e aplicando multas”.
Tony Perkins, presidente da Family Research Council, que tem dado apoio no caso, afirmou que “está aberta a temporada de caça aos cristãos que se recusam a ceder à redefinição de casamento imposta pelo governo”. No início do ano, uma confeitaria pertencente a um evangélico foi processada após se recusar a fazer um bolo para um casamento gay no Estado do Colorado.
Desde 2013, Coeur d’Alene possui leis que proíbem a discriminação com base na orientação sexual. O procurador da cidade, Warren Wilson, afirmou à imprensa que a igreja é um “local público e está sujeito ao decreto”. Alertou ainda que todos os pastores que atuam na cidade, caso sejam denunciados, serão obrigados a realizar casamentos de pessoas do mesmo sexo.
Como o reconhecimento da legalidade do casamento gay ocorreu este mês no Idaho, o caso tem recebido muita atenção da mídia. Apenas dois dias após ser oficializado, um homem ligou pra Donald Knapp, querendo marcar seu casamento na capela onde o casal ministra há 25 anos. Com a recusa, uma denúncia foi feita e desde então as autoridades municipais se envolveram no caso. Com

informações Fox News

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Líder da Coréia do Norte ordena execução de 33 pessoas por se converterem ao cristianismo

Líder da Coréia do Norte ordena execução de 33 pessoas por se converterem ao cristianismo
Segundo relatos, o líder supremo da Coreia do Norte, Kim Jong Um, ordenou a execução de 33 pessoas por terem se convertido ao cristianismo, e por receber ajuda de um missionário batista da Coreia do Sul para abrir 500 igrejas subterrâneas.

Segundo o The Chosunilbo, os 33 convertidos serão executadas em uma célula secreta do Departamento de Segurança do Estado, sob as acusações de tentar derrubar o regime da Coréia do Norte, estabelecendo igrejas subterrâneas. O missionário Kim Jung Wook também foi preso, por tentar plantar igrejas no país no ano passado.

Especialistas afirmam que o objetivo de Kim Jong Um com as execuções é mostrar um o castigo como exemplo para os convertidos no país, como uma forma de intensificar os esforços para fortalecer a doutrina da autossuficiência do país e manter seus cidadãos longe das crenças e práticas capitalistas.

Alguns dos presos relataram terem sido informados de que “o regime entraria em colapso” caso fosse aberta uma igreja em Pyongyang, perto de onde está a estátua de Kim Il Sung, considerado o “fundador da nação”. Porém, outros afirmam que a prisão é uma estratégia do governo para descobrir a localização de igrejas subterrâneas no país.

G Noticias

Paquistão: Asia Bibi é condenada à morte por ser cristã

O advogado argumentou que os testemunhos contra sua cliente são falsos, mas a defesa não teve êxito
Paquistão: Asia Bibi é condenada à morte por ser cristã
A cristã paquistanesa Asia Bibi foi condenada à morte pelo tribunal de Lahore pelo crime de blasfêmia. A decisão foi confirmada nesta quinta-feira (16) e foi rapidamente compartilhada pelos jornais internacionais.
Bibi já havia sido condenada à morte em 2010, mas recorreu da sentença na justiça esperando que o processo fosse revertido. Seu advogado de defesa Naeem Shakir tentou libertar sua cliente, mas não conseguiu.
Segundo a agência Fides, do Vaticano, Shakir tentou usar a falta de provas suficientes, citando que muitos dos testemunhos apresentados eram “pouco credíveis” e que havia fortes indícios de depoimentos falsos.
“Ela está cada vez mais nas mãos dos extremistas”, disse o advogado que já entrou com recurso no Supremo Tribunal. Essa será a última chance de impedir que Asia Bibi seja morta.
Em novembro de 2010, quando saiu a primeira decisão, o governador Salman Taseer e o ministro cristão das Minorias, Shahbaz Bhatti, tentaram pedir a libertação da mulher, mas logo eles foram assassinados.
A Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), ligada à Igreja Católica, já se pronunciou sobre casos como o de Asia Bibi afirmando que o Paquistão usa “o pior instrumento de repressão religiosa” que é a chamada lei da blasfêmia.
A referida lei está baseada no Artigo 295, B e C, do Código Penal paquistanês, determinando que ofensas contra o Alcorão são puníveis de prisão perpétua e que atos contra o profeta Maomé são puníveis de prisão perpétua ou morte.
Segundo a AIS, Asia Bibi não cometeu nenhum desses crimes, sendo vítima de uma perseguição religiosa ao ser acusada por duas irmãs muçulmanas por ter bebida um copo de água de um poço. Depois de desentender com essas mulheres que trabalhavam com ela, Asia Bibi foi denunciada e agora corre o risco de perder a vida.

JOVENS REALIZARAM MAIS UM CULTO DO IJATEC NESTE DIA 15 EM JAÇANÃ








CULTO DE MISSÕES NA AD JAÇANÃ, FOI UMA BENÇÃO








Domingo a Igreja Evangelica assembleia de Deus em Jaçanã, realizou o culto de missões, com a participação das crianças do voo aprendendo mas sobre Jesus.

Os jovens que fazem a AD JAÇANÃ, fizeram uma linda apresentação neste domingo 20 no grande culto de missões.































História das missões religiosas na África será debatida em Petrolina

É possível notar que o envio de missionários para a região resultou em grandes transformações sociais
História das missões religiosas na África será debatida em Petrolina
A Universidade de Pernambuco (UPE) em Petrolina fará entre os dias 20 e 24 de outubro um seminário para discutir a história das missões religiosas na África.
O evento ganhou o nome de ‘Seminário Internacional de História da África: Fontes e Arquivos Sobre Missões Africanas’ e levará professores de vários estados brasileiros para debater o assunto, além da visita do professor Nuno de Pinho Falcão docente da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em Portugal.
Um dos organizadores desse seminário é Harley Abrantes, professor de História da UPE, ele relata que a presença de missionários na África gerou impactos principalmente no quadro religioso.
“O século 20, por exemplo, presenciou uma transformação. No início desse século 10% do continente era cristão, hoje é mais da metade. Outro fenômeno interessante é que a África passou a levar missões religiosas para países europeus como a Ucrânia”, afirmou.
Essas e outras transformações serão debatidas durante o seminário que tem como base o seguinte trecho da história: “O continente africano, desde o século 15, foi visitado por missionários europeus com o intuito de disseminar a religião cristã. Essa introdução da cultura estrangeira na África causou profundas transformações sociais e territoriais no continente”.
Interessados em participar desse seminário, e também do minicurso ‘África na Época Moderna: Religião e Sociedade na Primeira Idade Global’ que acontece entre os dias 21 e 24 de outubro no período da tarde podem se inscrever no prédio dos cursos de licenciatura da UPE

Pastor de megaigreja abandona família para viver nas ruas


Pastor de megaigreja abandona família para viver nas ruas
Rick Cole quer ver igrejas mais envolvidas com questões sociais

Rick Cole é o líder da megaigreja Capital Christian Center, na cidade de Sacramento, Califórnia, que reúne mais de 4 mil membros.
Mês passado, ele iniciou um desafio pessoal que tomou a igreja de surpresa. Cole abandonou sua família e o púlpito para viver nas ruas da cidade por dois meses (ou até que os membros de sua igreja levantassem US$ 100 mil em doações).
O dinheiro irá para o projeto Winter Sanctuary [Santuário de inverno], que auxiliará os sem-teto. Serão ônibus que recolherão homens e mulheres e

os levarão para igrejas e templos em noites frias e chuvosas, oferecerão refeições quentes e ajuda para quem desejar sair das ruas. O objetivo é substituir um programa do município que terminou por causa de cortes orçamentários.
Em apenas duas semanas a arrecadação chegou a 144 mil dólares e o pastor voltou para casa. Ele conta sua história no site revonthestreet.com. No último final de semana subi ao púlpito com o visual mudado (pois não se barbeou no período) e usando as mesmas roupas sujas. Pregou um sermão baseado em suas experiências vividas nas ruas de Sacramento. Relatou que dormiu em um beco várias noites seguidas e como viveu sem dinheiro e sem saber de onde viria a refeição seguinte. Explicou que alguns dias só comeu por que havia uma igreja distribuindo sopa no parque da cidade.
Pediu que os cristãos se envolvam mais com as questões sociais e afirmou que a experiência mudou sua visão de mundo de maneiras que ainda estava tentando entender.
“Eu comecei a perceber o valor de cada pessoa”, disse ele, visivelmente emocionado. “Toda alma é importante, até mesmo os loucos”. No final fez um apelo para que a igreja anuncie esperança: “Deus, em seu Espírito, está lá fora, nas ruas”.
A iniciativa de Cole não é inédita. Em 2012, o pastor Buff Dustin e o pastor de jovens Philip Nguyen viveram por 10 dias nas ruas de Norman, cidade do Estado de Oklahoma.
A experiência também foi vivida por alguns dias pelo pastor Thomas Keinath, da megaig reja Calvary Temple, localizada em Wayne, New Jersey. Com informações de Urban Christian News.

Com Gospel Prime

sábado, 18 de outubro de 2014

IJATEC: PASTORES E PRESIDENTES DE MOCIDADE REUNIRAM-SE HOJE dia 18 EM BARAUNAS-PB



 Pastores e presidentes de mocidades que fazem a Integração dos Jovens das Assembleias de Deus no Trairi e Curimataú, reuniram-se neste dia 18 na cidade de Baraúnas-PB, para discutir o próximo encontro que acontecerá na cidade de Baraúnas no dia 22 de novembro no dia 29 de novembro em Jaçanã.

Na ocasião estavam reunidos os representantes das Assembleias de Deus em : Jaçanã, Coronel Ezequiel, Barunas, Picuí e Nova Floresta. Por razões particulares os representantes de Cuité e Vila de Santa Luzia não puderam chegar.

Ficou definido que no dia 22 de novembro a Cidade de Baraunas receberá toda estrutura do IJATEC e no dia 29 acontecerá o encerramento em Jaçanã, culminando com o dia do Evangélico.

Na Reunião estavam prsentes: O coordenador do IJATEC que é presidente da mocidade de Jaçanã Edigar, O presidente da mocidade de Coronel Ezequiel Claudio, O pastor Klebson de Nova Floresta, O pastor Deneval o presidente de mocidade de Baraúnas Irmão Felipe,Pastor Osiel e o presidente de mocidade PB João Edinaldo de Picuí.


quinta-feira, 16 de outubro de 2014

COMEMORAÇÃO DO DIA DA CRIANÇA EM JAÇANÃ, GANHA AS REDES SOCIAIS, PELA BELEZA E ORGANIZAÇÃO.













A Assembleia de Deus em Jaçanã todos os anos realiza um grande evento aluzivo ao dia das crianças. O evento deste ano teve um diferencial, além dos mais de 5 mil presentes distribuidos todos os anos, a decoração foi um show a parte e um grupo de crianças com mais vestindo roupas de aviador. Todos quanto visitaram o evento se emocionaram com a beleza, a organização e alegria com os pais e crianças eram recebidos. A missionária Betanea Dantas tem se preocupado com todos os detalhes, mas em especial com o carinho  com todas as crianças. Foi um momento marcante para Jaçanã e Região. veja as fotos.






















quarta-feira, 15 de outubro de 2014

PT lamenta a eleição de deputados evangélicos e conservadores.

O partido de Dilma Rousseff está preocupado com a eleição de quem não apoia o aborto, o casamento gay e descriminalização das drogas
PT lamenta a eleição de deputados evangélicos e conservadores
PT lamenta a eleição de deputados evangélicos e conservadores
O Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou um texto lamentando a eleição de deputados evangélicos, militares e ruralistas dizendo que eles se identificam com causas “reacionárias”.
O texto também fala sobre as manifestações populares de junho e julho do ano passado. Para o partido da candidata à reeleição as manifestações populares que pediam mudanças na política foi minimizada diante das urnas.
“O crescimento do número de parlamentares identificados com causas reacionárias, aponta o estudo, é reflexo do clima geral de desqualificação da política”, diz a nota se referindo à pesquisa do Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) que destacou o aumento de parlamentares conservadores.
O PT também lamentou a diminuição do número de deputados que defendem causas sociais como os direitos LGBT, feministas e outras, além da diminuição do número de sindicalistas eleitos.
O diretor do Diap, Antônio Augusto Queiroz, comentou que o aumento da bancada evangélica e dos deputados conservadores poderá dificultar o debate sobre a união homoafetiva, a legalização do aborto e a descriminalização da maconha, assuntos que contam com o apoio do PT.
O deputado federal Nilmário Miranda (PT-MG), que é vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM) afirmou, de forma discriminatória, que a escolha dos eleitores brasileiros reflete o “apodrecimento” do sistema político nacional.
“O Brasil vai ter que pensar muito sobre isso, pois houve uma diminuição do embate de ideias, de programas. Milhões de pessoas se abstiveram de votar, isso está atrelado à despolitização”, disse ele que considerou a eleição como “retrocesso”.

PT comenta eleição de Feliciano e Bolsonaro

Os deputados Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Marco Feliciano (PSC-SP) foram os parlamentares conservadores com mais votos em seus estados. Bolsonaro é militar, Feliciano é pastor evangélico e se tornaram os grandes inimigos dos progressistas, por serem contra propostas da causa gay, como o PL 122/2006.
O PT afirmou em seu site que o deputado do PR ” é defensor da ditadura, da tortura, da pena de morte, da redução da maioridade penal e contrário ao casamento homoafetivo” e fez o mesmo com Marco Feliciano afirmando aos seus leitores que o religioso é “é contra a união entre pessoas do mesmo sexo e chegou a ser denunciado por declarações racistas feitas pelo Twitter”.
gOSPEL pRIME

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Usos e Costumes da Igreja Assembleia de Deus


ASSEMBLEIA DE DEUS REALIZA UM DOS MAIORES EVENTOS PARA CRIANÇAS DESDE SUA HISTÓRIA.































Milhares de Crianças chegaram ao Ginásio Poliesportivo Orlando de Vasconcelos Silva, para mais um grande evento alusivo ao dia das crianças, um evento que já é tradicional em Jaçanã, onde participam pessoas de todos os crédulos religioso e todos sai com presentes, ganham lanches e se divertem muito. Varios atrativo são apresentados durante todo a tarde e neste dia 12, o foco foi a aviação, que trouxe uma mensagem encorajadora, com inúmeras apresentações. veja as fotos.
























Fonte Edigar Abencoado