Subscribe:

domingo, 18 de janeiro de 2015

Missionários brasileiros são atacados na África

Protestos por causa de charges atinge Níger
Missionários brasileiros são atacados na África
Para quem mora no Brasil muitas vezes é difícil dimensionar as consequências de certas situações nos países muçulmanos. O Níger é um país pequeno da África e muito pobre. Mas lá trabalham dezenas de missionários brasileiros. Um dos ministérios mais conhecidos é o Guerreiros de Deus, do ex-paquito Alexandre Canhoni.
Entre sexta e sábado, pelo menos oito igrejas foram incendiadas após manifestações contra a publicação do semanário francês Charlie Hebdo de uma caricatura de Maomé.
Como ex-colônia francesa, ainda existe uma forte ligação cultural entre os dois países. Na capital Niamey e em Maradi o resultado foram 4 mortos e 45 feridos.  Em Zinder, segunda maior cidade do país, cerca de 300 cristãos estão debaixo de escolta militar. Segundo a imprensa, mais de 250 estavam escondidos em uma caverna.
Os tumultos em Niamey foram liderados por seis grupos de 200 a 300 manifestantes armados com paus, barras de ferro e picaretas. Eles gritavam palavras de ordem e clamavam o nome do profeta Maomé.
Embora muitos líderes muçulmanos tenham pedido calma, a violência se alastrou contra os cristãos. Há notícias que foram destruídos vários bares, hotéis, tabernas e lojas que pertencem a não muçulmanos ou empresários ligados a empresas francesas.
Entre os locais de culto cristão atingidos está a base do Guerreiros de Deus e a casa do missionário Alexandre. Ele e sua esposa Giovana fazem um trabalho com crianças. Pelo Facebook, postaram fotos da destruição e a mensagem: “Nossa base e casa foram atingidos. Quebraram tudo e queimaram. Saímos 5 minutos antes. Estamos bem. Nossos meninos estão bem graças a Deus. Alguns escondidos e com famílias. Ninguém dos nosso se machucou. Estamos orando pedindo uma direção de Deus”.
Embora a imprensa brasileira não tenha dado espaço para os acontecimentos envolvendo missionários brasileiros no Níger, sugiram vários movimentos de intercessão pelas redes sociais.
Com informações do Portal Gospel Prime

O CANTORE CICERO NOGUEIRA ESTARÁ NO PRIMEIRO CULTO DE MOCIDADE DA AD JAÇANÃ.

Os joven que fazem a AD JAÇANÃ, estarão realizando o primeiro culto em 2015 e já entrarão com toda força e vigor, estará presente o cantor Gospel Cicero Nogueira, os jovens da Assemnbleia de Deus em Baraunas e muitass outras novidades.

Fonte Blog da AD JAÇANÃ

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Charlie Hebdo, jornal que foi alvo de ataque de extremistas islâmicos, também satirizava Jesus e o cristianismo


O jornal francês “Charlie Hebdo” despertou a ira de militantes islâmicos por publicar charges do profeta Maomé e outros líderes muçulmanos e foi alvo de um ataque nesta quarta feira. Pelo menos 12 pessoas morreram e 11 ficaram feridas no ataque, realizado por homens armado. Porém, a publicação não é tão “anti-islã” quanto os militantes afirmam, e também faz sátiras de Jesus e do Cristianismo.

Segundo fontes policiais, os autores do ataque ao escritório da revista, em Paris, portavam rifles Kalashnikov e gritaram “Vingamos o Profeta!”, em referência a Maomé, alvo constante de charges publicadas pelo jornal.

A capa da última edição do “Charlie Hebdo” publicada antes do ataque traz uma caricatura do escritor francês Michel Houellebecq. Seu último livro, “Submissão”, tem como cenário uma França governada por um presidente muçulmano.

– Em 2015, eu perco meus dentes. Em 2022, eu faço o Ramadã – diz o escritor no desenho, em referência ao ato religioso realizado pelos seguidores do Islamismo.

Conhecida por sua controversa postura anti-religião e amplamente anti-establishment, a Charlie Hebdo defende o seu “direito de blasfêmia”, nas palavras (e desenhos) de Bernard Velhac, conhecido como Tignous, um dos cartunistas mortos no ataque terrorista.

Em 2011 durante a controvérsia sobre uma edição que também causou polêmica entre islâmicos, e motivou um ataque a bomba no escritório da publicação, o editor da revista comentou que o “Charlie Hebdo” havia sido processado 13 vezes por organizações católicas, mas apenas uma vez por um muçulmano.


– Nós publicamos caricaturas a cada semana, mas as pessoas só descrevê-los como declarações de guerra quando é sobre a pessoa do Profeta ou o Islã radical – afirmou o cartunista Stéphane Charbonnier, conhecido como Charb, em 2012. Charbonnier também foi morto durante o ataque.

A última charge publicada por Charbonnier no “Charlie Hebdo” foi classificada por muitos como “profética” após o ataque, e tinha como título “Ainda não houve ataques na França” e mostrava um militante islâmico dizendo: “Espere! Ainda temos até o fim de janeiro para apresentar nossos votos”, em uma alusão aos desejos de Ano Novo.

Fonte: Gospel +

sábado, 10 de janeiro de 2015

SILAS MALAFAIA INVESTE EM LIDERANÇAS ECLESIÁSTICA EM TODO BRASIL.

Mais de 7.000 mil líderes lotaram o Centro de Convenções de Fortaleza, na abertura da Eslavec deste ano

A 6ª ESLAVEC mobilizou mais de 7 mil obreiros em Fortaleza-CE no ultimo encontro, que aconteceu em Novembro de 2014. confira.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Barco do Jocum naufraga no Hawaii; missionário está desaparecido

A embarcação tinha Christmas Island como destino, mas uma tempestade virou o barco
Barco do Jocum naufraga no Hawaii; missionário está desaparecido
Uma embarcação do Jocum Internacional (YWAM) naufragou no último sábado (3) próximo a Kau Bay, no Hawaii, durante uma tempestade. O capitão tenta encontrar um lugar seguro para enfrentar o mau tempo, mas o barco da missão “Navios JOCUM Kona” acabou naufragando.
A Guarda Costeira dos Estados Unidos agiu rapidamente e conseguiu resgatar quatro tripulantes, o capitão teve ferimentos leves e foi hospitalizado. Outros três integrantes da escola de navegação também foram liberados ainda no sábado depois de serem atendidos no hospital.
Aaron Bremmer, 24 anos, era um dos tripulantes que estavam no barco, mas não foi encontrado depois do naufrágio. As equipes de resgate estão trabalhando para tentar localizá-lo, porém nada foi encontrado.
“A busca continuou durante todos os dias desde a primeira luz. Somos gratos pelos esforços incansáveis do Corpo de Bombeiros, da Guarda Costeira dos EUA, do Departamento de Terras e Recursos Naturais. Estamos esperançosos pelo retorno seguro de Aaron. Por favor, se junte a nós em oração por ele e sua família, enquanto continuamos a ficar com eles”, diz um comunicado do JOCUM Internacional.
O barco tinha Christmas Island como destino, seus tripulantes estavam em alto mar desde a terça-feira (30) navegando pelos mares do Hawaii. A tempestade acabou virando o barco e gerando essa situação complicada para o ministério e para a família do missionário. Com informações Guia-me.

domingo, 4 de janeiro de 2015

Mais uma jovem da Assembleia de Deus em Jaçanã casou-se neste sabado 03.


 Da esuqerda para a direita. Irmã Gracinha mãe da noiva.Lili, Andreza, Betanea, Carol de branco.















 
 A jovem Ana Carolina Dantas, casou-se neste sábado dia 3 com o Jovem Stênio da Igreja Batista. A cerimônia aconteceu na cidade de Nova Floresta -PB. Um evento muito bonito realizado ao ar livre, com uma decoração rústica. veja as fotos.
a
Irmãs Jaqueline de Vermelho, Betanea ao meio e Irmã Andreza Lima acompanhada da missionária Lili
 
 
 






















 
 

sábado, 3 de janeiro de 2015

Consciência Cristã sediará Encontro Internacional de Apologética

O evento contará com um total de 111 preleções, realizadas durante os 16 eventos paralelos e 10 plenárias.
Consciência Cristã sediará Encontro Internacional de Apologética
A 17ª edição da Consciência Cristã sediará o 2º Encontro Apologético Internacional da Paraíba acontecerá de 14 a 17 de fevereiro de 2015, no Templo Central da Assembleia de Deus (Missão), em Campina Grande (PB). O encontro terá as participações de Josh McDowell e Justin Peters, ambos dos EUA. Os preletores discutirão a defesa da fé cristã na pós-modernidade, a partir das evidências físicas e história que compravam a veracidade do Antigo e Novo Testamento, bem como a natureza antibíblica de movimentos neopentecostais, tendo como base a Bíblia Sagrada.
Como citado acima, um dos preletores será Josh McDowell. Ele é um apologista, evangelista e escritor cristão evangélico norte-americano. Com mais de 70 livros publicados, algumas das suas obras mais conhecidas são “Mais que um Carpinteiro”, “Evidência que Exige um Veredito” e “A Testemunha”. Bem conhecido como um orador articulado, Josh já ministrou para mais de 25 milhões de pessoas, dando mais de 26 mil palestras em 125 países.
O outro preletor será Justin Peters. Ele estudou no Southwestern Baptist Theological Seminary em Fort Worth, Texas, onde ele concluiu o Mestrado em Divindade e Línguas Bíblicas (2000) e o Mestrado em Teologia (2002). Desde 2005, atua no evangelismo em tempo integral, e já pregou em 40 estados americanos e 11 países, incluindo Equador, Uganda, Austrália, Nova Zelândia e muitos países europeus. Embora ele também seja um expositor das Escrituras, Justin é mais conhecido pelo seminário que desenvolveu, intitulado Nuvens sem Água.
Para assistir a todas as palestras da Consciência Cristã, que acontecerá no Complexo do Parque do Povo, em Campina Grande, o participante deverá fazer a sua inscrição. Esta inscrição pode ser realizada online no site do evento (www.conscienciacrista.org.br). A participação no Encontro para a Consciência Cristã é gratuita.

Ativistas judeus querem salvar cristãos de muçulmanos

“Holocausto cristão” é o tema da campanha
Ativistas judeus querem salvar cristãos de muçulmanos
No passado existiram campanhas de cristãos em favor dos judeus. Em especial durante a Segunda Guerra Mundial, quando o Holocausto nazista assassinou cerca de seis milhões de judeus europeus.
Em meio a onda de violência do Oriente Médio contra os cristãos, principalmente os constantes massacres executados pelo Estado Islâmico, ativistas judeus decidiram fazer algo. Seu objetivo é conscientizar o mundo Ocidental, e paradoxalmente, as igrejas cristãs do que realmente está acontecendo.
Liderados pelo cartunista israelense Yaakov Kirschen, autor da coluna Dry Bones (Ossos Secos) que é reproduzida em jornais importantes como Jerusalem Post, The New York Times e Wall Street Journal. Por mais de 40 anos, ele deu espaço ao comentário político em seus desenhos, dedicando-se a denunciar o antissemitismo.
Acostumado a polêmicas, agora está querendo chamar atenção para o que classifica como o “holocausto” dos cristãos no Médio Oriente.  “Comunidades cristãs estão sendo totalmente assassinadas e muitas vezes expulsas, nessa limpeza étnica de todo o Médio Oriente. Seu objetivo é acabar com o cristianismo. Enquanto isso os líderes ocidentais fingem que não veem”, protesta.
Quadrinho Ossos SecosEm grande parte a mídia silencie, embora continuamente haja casos de igrejas queimadas, mulheres cristãs sequestradas, estupradas ou vendidas como escravas, ao mesmo tempo em que até mesmo crianças são mortas apenas por serem cristãs. Em alguns casos, judeus também são vítimas dessa perseguição aberta.
“Eu acho essa apatia algo inacreditável”, disse ele à CBN News. “É loucura saber que as igrejas não estão protestando em massa, os políticos não se posicionam e não há manifestações nas ruas dos países livres.”
Decidido a movimentar pessoas de todo o mundo, ele iniciou uma campanha na Internet para apoiar os cristãos Médio Oriente. Também está produzindo uma série de charges e quadrinhos que visam transformar seus leitores em ativistas. Kirschen acredita que a linguagem do desenho é universal.
“As pessoas precisam encontrar uma maneira de lutar contra isso. Se nossas igrejas, organizações judaicas e líderes políticos não estão dispostos a fazer nada enquanto os cristãos no Oriente Médio são totalmente exterminados, então nós, o povo, precisamos fazer alguma coisa”, assevera. Embora conte apenas com algumas centenas de colaboradores, o cartunista espera que essa mensagem se espalhe e consiga chamar atenção do maior número possível de pessoas.

Gospel Prime